Saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro

By
Prazo de saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro - Mais uma vez, ou melhor pela segunda vez o governo amplia o prazo para de saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro. Mais de um milhão de trabalhadores brasileiros terão novas oportunidades de efetuarem o saque do seu benefício no valor integral de R$ 880,00. Confira as informações a seguir sobre esta nova prorrogação:

Entenda a prorrogação

O prazo que está sendo prorrogado mais uma vez é referente ao ano-base de 2014, o abono salarial de 2015. O prazo inicial para o saque era até 30 de junho, depois foi prorrogado até 31 de agosto e agora até 31 de dezembro.

Como o número de trabalhadores, que não conseguiram sacar o abono salarial de 2015 por diversos motivos, chega a mais de um milhão. Este abono salarial, o chamado PIS 2015, é de R$ 880,00, valor do atual salario minimo.
Saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro

Quem tem direito Saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro

É bom que todos entendam que nem todos tem este direito. Muitos já receberam o PIS 2015, ao longo do ano passado e ainda em 2016. Este novo prazo é para quem está enquadrado nas regras que são citadas logo mais abaixo.

Portanto quem já recebeu este abono, não tem mais este direito, este valor é para quem ainda não pode efetuar o saque por alguns motivos. Por exemplo:
  • numero do PIS duplicado;
  • valor da remuneração mensal colocada de forma errada na RAIS;
  • valor acima do que o trabalhador recebe de fato;
  • qualquer inconsistência com os dados;
  • outros.
O importante é que o trabalhador que tem algum destes ou outros problemas poderá ter um tempo maior para resolver e não correr o risco de perder o saque do PIS 2015, ano-base 2014.

Veja também:


Saque do PIS 2015 adiado para 31 de dezembro

A reunião do FAT presidida pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, no dia 31/08 que seroa o ultimo dia para o saque, foi decidida que o prazo para o saque do PIS 2015 seria ampliado para 31 de dezembro de 2016. 

Apesar de ter sido amplamente divulgado o prazo de até dia 31/08, apenas 200 mil conseguiram sacar o abono salarial 2015/2016 ano-base 2014. Agora o que se espera até 31 de dezembro é alcançar o máximo de trabalhadores que ainda não recebeu.

Onde consultar quem tem direito?

 Você pode consultar se tem direito ao benefício das seguintes maneiras:
• Sistema de consulta: http://goo.gl/4bB5xD
• Lista de nomes por cidade: https://we.tl/1SxdctmYhE
• Alô Trabalho 158
• Caixa 0800-726 02 07
• Banco do Brasil 0800-729 00 01

Saiba mais aqui:  abonosalarial.mte.gov.br

Com isso, de um universo de 1,2 milhão de trabalhadores que ainda não haviam sacado o Abono Salarial até o prazo normal, outros 200 mil tiveram acesso ao benefício de R$ 880. “É um valor substancial, principalmente para aquele trabalhador de baixa renda, que é o alvo da política pública.”, avaliou o ministro.

Quem tem direito

Abono Salarial PIS/PASEP - Têm direito ao benefício os empregados que tenham recebido, de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), até 2 (dois) salários mínimos médios de remuneração mensal; tenham exercido atividade remunerada pelo menos durante 30 (trinta) dias no ano-base 2014; estejam cadastrados há pelo menos 5 (cinco) anos; é que tenham sido informados corretamente na Relação Anual de Informação Social - RAIS.

Informações por telefone:

• Alô Trabalho, pelo telefone 158 do Ministério do Trabalho
• Caixa, pelo número 0800-726 02 07
• Banco do Brasil, pelo número 0800-729 00 01

Informações pela internet:

• No site do Ministério do Trabalho (www.trabalho.gov.br), clicando no banner “Abono Salarial”, localizado na parte superior da tela. Nesse local está a lista dos trabalhadores com direito ao abono que ainda não fizeram os saques. Essa relação está dividida por estado e município. Os nomes dos trabalhadores estão em ordem alfabética.
• No site abonosalarial.mte.gov.br/, que disponibiliza uma ferramenta pela qual é possível saber se o trabalhador tem direito ao abono digitando o número do PIS/Pasep ou CPF e a data de nascimento.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.